Fitness e Wellness

A palavra fitness tem servido na Língua Inglesa para vários conceitos de difícil consenso. Termos como: fitness fisiológico, fitness morfológico, physical fitness, total fitness, são apenas alguns exemplos. De tal forma as coisas se complicaram que surgiu também o termo total fitness, sendo na generalidade definido como: a capacidade do corpo responder às exigências do meio, com uma pequena reserva para emergências. Dentro deste conceito cabem outros como (e não estão muito bem circunscritos): physical fitness, emotional fitness, social fitness, medical fitness, mental fitness, nutritional fitness.

Vamos centrar a nossa atenção na physical fitness (aptidão/condição física). Na sua definição surgem duas grandes vertentes: uma vertente pelos resultados (produto) e outra vertente pelos processos (estilos de vida e comportamentos). O fitness relacionado com performance apresenta uma relação limitada com a saúde (Pate e Shephard, 1989). Depende sobretudo das capacidades motoras, da capacidade cardiorespiratória, da força muscular, da endurance, do tamanho do corpo, da composição corporal, da motivação e do estado de nutrição (Bouchard e Shepard, 1993).

Fitness é um estado, não é um comportamento (New Zealand’s Ministry of Health, 2003). Fitness pode ser uma medida de adaptação a um ambiente específico. É uma condição, sendo na generalidade definida como “a capacidade de levar a cabo as tarefas diárias com vigor e estado de alerta sem fadiga indevida e com ampla energia para gozar das exigências do tempo de lazer e para responder a emergências imprevistas”.

Nos últimos anos temos vindo a assistir a uma crescente utilização do termo wellness. Alguns health clubs fazem mesmo questão de dizer que concentram os seus serviços, os seus objectivos nessa dimensão. Parece mesmo haver uma tentativa de substituição terminológica nas marcas e nas menções às instalações, abandonando o termo “centro de fitness” e assumindo “centro de wellness”.

A palavra tem sido utilizada com um significado muito amplo. Corbin e Pangrazi (2001) fazem um comentário interessante relativamente ao assunto, referindo aquilo que wellness é aquilo que não é:

  1. Wellness é multidimensional
  2. Wellness é um estado de ser descrito como de saúde positiva
  3. Wellness é parte da saúde
  4. Wellness é possuído pelo indivíduo. É de pertença do indivíduo.
  5. Qualidade de vida e bem-estar são descritores do wellness.
  6. Saúde e o seu componente positivo (wellness) são integrados.
  7. Wellness não é o mesmo do que physical fitness
  8. Wellness não é aquilo que fazemos, mas sim aquilo que somos.
  9. Wellness não é uma forma de medicina alternativa.

Assim, os autores definem wellness como: uma forma de estar descrevendo a existência de saúde positiva num indivíduo, exemplificado pela qualidade de vida e uma sensação de bem-estar.

A palavra wellness começa agora a substituir em alguns espaços, a palavra fitness. Parece até que, alguns centros de fitness pretendem diferenciar-se pela utilização das mesmas palavras: fitness (algo mais duro, mais intenso, para gente aparentemente saudável e com objectivos mais próximos da competição), wellness (para quem pretende melhorar a sua saúde, a sua funcionalidade, o seu bem-estar, a sua qualidade de vida).

Referências

Bouchard, C., e Shepard, R. (1993). Physical activity, fitness, and health: the model and key concepts. In C. Bouchard, R. Shephard & T. Stephens (Eds.), Physical activity, fitness, and health (pp. 15-23). Champaign: Human Kinetics.

Corbin, C. B., e Pangrazi, R. P. (2001). Toward a uniform definition of wellness: a commentary. President’s Council on Physical Fitness and Sports Research Digest, 3(15).

New Zealand’s Ministry of Health. (2003). DHB toolkit: physical activity. Acedido em 20 de Maio, 2005, em http://www.newhealth.govt.nz/toolkits/physical/PhysicalActivityToolkit03.pdf

Pate, R. R., e Shephard, R. (1989). Characteristics of physical fitness in youth. In C. Gisolfi & D. Lamb (Eds.), Perspectives in exercise science and sports medicine (Vol. 2, pp. 1-45). Indianapolis: Benchmark Press.

6 Replies to “Fitness e Wellness”

  1. Finalmente uma abordagem clara , elucidativa e direta dos significados concretos e de forma abrangente dos termos fitness e wellness.
    Parabéns!

    Gostar

  2. Pingback: Motor Humano

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s