A Psicologia no Contexto do Exercício Físico e da Actividade Física

NOTA: o texto que se segue é o resumo da intervenção realizada na IV SEMANA DA PSICOLOGIA DO DESPORTO E EXERCÍCIO, organizada pelo Núcleo de Estudantes de Psicologia do Desporto da Escola Superior de Desporto de Rio Maior que decorreu no dia 25 de Março de 2009.

A Psicologia no Contexto do Exercício Físico e da Actividade Física

A psicologia é a ciência que estuda o comportamento humano e que, foi em tempos totalmente confundida com a motivação, que é agora apenas um dos conteúdos de estudo.

A motivação é uma força que nos move em direcção ao exercício regular ou que nos mantém estáticos no sofá. Uma força que nos move para dentro do ginásio. Para isso temos de nos mover e o motor-humano é o músculo que é alvo da acção dos que trabalham na actividade física.

Nos ginásios vende-se exercício de endurance e exercício intenso e de curta duração sob formatos diversos, com uma comunicação (marketing) cada vez mais agressivo na procura de colmatar os elevados abandonos de sócios, fazendo com que estes não retirem os benefícios físicos, sociais e psicológicos que do exercício físico que todo o mundo reconhece.

A realidade não existe, mas apenas a percepção ou diferentes percepções de acordo com os filtros com que cada indivíduo percebe o mundo à sua volta.

A percepção que os sócios dos ginásios têm, atribui uma elevada importância à relação sócio funcionário, quando comparada com o ambiente físico do ginásio ou outros factores individuais ou motivacionais.

A intervenção da psicologia procura mudar a associação de pensamentos que as pessoas têm sobre os ginásios, com o objectivo de criar uma percepção positiva destes locais de prática de actividade física e desportiva.

Assim, com a finalidade de regularizar a actividade física dos indivíduos, numa perspectiva da psicologia, temos de:

  • Encontrar formas de melhorar a aprendizagem dos sócios. Melhorar a comunicação no ensino dos princípios de treino.
  • Desenvolver métodos de trabalho eficazes:
    • Integração dos sócios no clube
    • Simplificar instrucções
    • Detecção e correcção de erros
    • Registos de treino.
  • Promover o desenvolvimento pessoal dos sócios ao longo da sua vida.
  • Contribuir para a mudança de pensamentos por parte dos sócios do clube.

2 Replies to “A Psicologia no Contexto do Exercício Físico e da Actividade Física”

  1. Obrigado pelo seu comentário.
    Estamos nessa onda de integração dos fatores bio-psico-sociais que influenciam o indivíduo no sentido de aumentar o seu rendimento pessoal e profissional no mundo exigente dos dias de hoje. Este texto resumido foi apenas o reflexo de um trabalho mais alargado que continuamos a desenvolver na prática.
    Bons treinos!

    Gostar

  2. Caro amigo Paulo Sena, sou Fisioterapeuta – Crefito 4 e concordo com a intervenção da Psicologia criando uma percepção positiva na prática de atividades físicas em geral…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s