35 ideias para “sobreviver” aos almoços, jantares e festas de… Natal?!

Para recordar…

Paulo Sena

Por cada jantar extra, deveríamos fazer um treino adicional muito intenso só para manter a condição física em que nos encontramos no momento. Mas fazemos sempre o contrário e pagamos cara a factura nos meses seguintes. A situação é tão ridícula, que, no mês de Janeiro, Fevereiro e Março estamos a recuperar do Dezembro. Em Abril e Maio e Junho adquirimos a nossa melhor condição (isto no caso de quem faz exercício físico respeitando os princípios de treino). Em Julho/Agosto perdemos a condição para passar a recuperar nos meses de Setembro, Outubro e Novembro. Ou seja, torna-se difícil melhorar a nossa performance porque passamos a maioria do tempo em recuperação da condição perdida. Eventualmente melhoramos em Maio e Junho durante um ano inteiro.

Em Dezembro é normal ocorrerem pelo menos umas 9 refeições avantajadas com imensas calorias e escolhas nutritivas duvidosas. É verdade que temos de nos alimentar e poderíamos…

View original post mais 1.821 palavras